terça-feira, 6 de setembro de 2011

Canto do Orgulho

Estou orgulhoso do amor
não do meu amor
Mas de todos os amores
de todas as nuvens
e da luz que por elas penetram
e aquece os corações
que da terra se elevam aos céus

Estou saciado pelo prazer
não do meu prazer
Mas o de todos
que a cada dia abraçam novos e velhos companheiros
Como sempre se conhecessem
Como se sempre tivessem os corpos unidos

Então sorrio
não só pra ti
Mas para todas e pra mim
para dizer com sinceridade
que vivo e amo
a terra em nosso corpos
e os céus, para aonde além iremos

Um comentário:

Natália Campos disse...

Pude ouvir teu canto daqui. Muito bom!

Beijos.